Frete de cargas: como é feito esse cálculo?

May 6, 2019

 

 

 

 

Se você costuma cotar fretes para sua empresa, já deve ter percebido que o preço vem
sofrendo variações frequentes, sendo a última alteração aprovada em 23 de abril com reajuste
médio de 4,13% na tabela de fretes atualizada pelo Governo.


Apesar de ser um serviço essencial ao funcionamento logístico de todo negócio, boas relações
com os clientes e parceiros e cumprimento de prazos e entregas, muitas vezes o frete de
transporte de cargas é percebido como um custo pelo cliente-empresa, por não compreender
a maneira como é feito seu cálculo.

 

Como o frete é calculado?

 

O cálculo dos pisos mínimos de frete pode ser feito com base em vários fatores: o peso da
carga que está sendo transportada (já que isso influenciará o peso e o espaço ocupado no
caminhão), distância e possíveis pedágios, tipos de carga e necessidade de um ou mais
seguros, número de eixos do caminhão, valor da NF, etc, mas, será influenciado também pela
tabela da ANTT, criada no governo do presidente Michel Temer em resposta às exigências
após a greve dos caminhoneiros ocorrida ano passado.


A tabela de fretes foi reajustada pela RESOLUÇÃO Nº 5.842, tendo como base a Lei Nº 13.703,
de 08/08/2018. Pela lei, a tabela é ajustada sempre que há uma variação no preço do diesel
superior a 10%, sendo o preço atual 10,69% maior que o da tabela anterior.

Principais fatores que influenciam o valor final

 

Peso


É realizado o cálculo entre o peso bruto e o peso cubado (feito em cima das dimensões da
embalagem do produto), cobrando em cima desse fator, a fim de equilibrar custos e evitar
cargas:


▪ Volumosas, mas leves: ocupam o espaço mas não alcançam a capacidade de peso,
comprometendo o carregamento;
▪ Pequenas, mas pesadas: ocupam pouco espaço, mas impedem o total carregamento do
veículo.

 

Valor

 

Calculado com base no valor descrito na NF-e. Ao levantar o valor da carga, é feita uma
avaliação de valor dos itens e se necessitam de cuidados especiais, o que pode aumentar o
valor do seguro.

 

Distância


A relação valor x distância percorrida em Km é diretamente proporcional, ou seja, quanto mais
longa for a rota, maior será o custo final. O custo por Km (CPK) é feito de acordo com os
valores estabelecidos pela tabela de frete da ANTT.


Dentro da tabela, os valores cobrados são calculados em cima de uma fórmula sobre o tipo de
carga, número de eixos e quantidade de Km percorridos.

 

Destino


Nesse quesito são avaliados fatores como a segurança (ou falta da mesma) e a facilidade de
acesso ao local de entrega e descarga. Caso existam dificuldades para realizar a entrega como
violência, assaltos, estradas em má conservação e risco de acidentes, será cotada uma taxa
extra sobre o frete.

 

Carga


Produtos inflamáveis, perecíveis, medicamentos, cargas vivas e refrigeradas precisam de
cuidados específicos durante o manuseio e transporte, influenciando o valor final, pois é
necessário investir em embalagens reforçadas, veículos específicos e agilidade.

 

Frete mínimo


Algumas empresas trabalham com um peso mínimo (normalmente a partir de 50Kg) por
pedido para realizar o transporte. Quando os itens não alcançam essa escala, considera-se o
peso mínimo. Nessa modalidade é possível cobrir os altos custos operacionais sem
sobrecarregar o cliente.

 

Gestão de riscos


A transportadora também é responsável por identificar situações que podem ter impacto
negativo nos prazos e entregas, além de elaborar ações para eliminar ou reduzir os efeitos
desses possíveis riscos.


Essa gestão envolve a aquisição de seguros, alguns deles exigidos por lei e com custo
repassado ao consumidor:


▪ GRIS


Taxa de cobertura dos custos da transportadora para o combate ao roubo e furto de cargas. O
valor corresponde a um percentual cobrado sobre o total da a NF-e.

 

▪ Ad Valorem


Sua finalidade é cobrir e assegurar as cargas que ainda não estão em trânsito.

 

Tributações e pedágios


Entram na conta também os pedágios existentes no trajeto e o ICMS, tributo relativo a
operações de transporte intermunicipais e interestaduais.

 

Por que fazer o cálculo de fretes?

 

Planejar as despesas ligadas aos seus serviços é um passo fundamental para manter sua
empresa no verde. Seu uma visão total dos custos seu negócio pode afundar em pouco tempo.
Conhecer o quanto isso vai custar para o seu negócio, saber não apenas o valor final, mas
compreender como os elementos do processo de cálculo afetam seu orçamento, é possível
determinar essas despesas com precisão.
Além dos fatores abordados anteriormente, a cobrança de frete também abrange outros
valores diretamente relacionados à prestação do serviço, como:


▪ Custos de manutenção do veículo;
▪ Combustível;
▪ Pedágios
▪ Desgaste de pneus;
▪ Despesas com motoristas.

 

Invista na transportadora certa

 

Em meio aos constantes reajustes e tributos, escolher cortar custos de frete buscando opções
mais baratas de serviço pode parecer uma boa solução a curto prazo, porém essa alternativa
pode comprometer a qualidade da entrega de suas mercadorias e sua imagem com os
parceiros e clientes no futuro.


Por isso, é fundamental confiar sua carga e a logística de seu negócio a uma empresa como a
Accert, com mais de 16 anos de experiência em transportes de negócios e produtos agrícolas,
metalúrgicos, máquinas e equipamentos, construção civil, manutenção, hidráulica, elétrica,
tintas, peças automotivas, fios e cabos, pneus, borrachas entre outros produtos de diversas
naturezas.

 


Contamos com uma frota própria de veículos pesados e leves, constantemente renovada, para
atender diversos tipos de serviço de transporte dando rapidez e segurança a operação.

Também dispõe do serviço de logística fazendo a coleta de grandes quantidades de
mercadorias, fazendo a separação e entrega fracionada ao cliente.


Totalmente dedicada ao atendimento das necessidades de nossos clientes, nosso foco está na
pontualidade, qualidade e segurança com cumprimentos rígidos no atendimento do prazo da
coleta e entrega da carga.

 

Faça uma cotação com a Accert (Cotação Online)

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Sinal amarelo para os acidentes #MaioAmarelo

May 21, 2019

1/6
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags